terça-feira, 26 de janeiro de 2010

ENTREVISTA - LUESTER por Maurício Moysés


1. Quem é você?
Eu sou Luester José Soares dos Santos, profissionalmente com o nome de Estúdio Luester Tatoo, tenho 29 anos e tatuo profissionalmente a um ano. Desde de criança eu nunca fui de jogar bola sempre ficava em casa desenhando, gostava muito de desenhar Jhonan Rex, gibi tradicional da década de 60.





2. Como se inicia uma tatoo?
Primeiro você tira o decalque (a copia do desenho original sobre o papel vegetal) e passa pra pele da pessoa.

3. O que fazer antes de iniciar o processo de uma tatoo?
Uma higiene do local, quando você faz um curso você aprende muito de biosegurança, entendeu. Como você vai esterilizar sua sala, seu material. Muita gente (os parceiros de tatuagem) me chamam até de frescurento, mas eu particularmente embalo as minhas máquinas, uso máscara, embalo o local aonde a pessoa irá sentar, só pego tinta específica que eu vou usar.

4. Qual é o material usado?
O tipo da tinta que eu uso é a tinta Electric Ink, umas das melhores marcas do mercado uma referência, uso toalha cirúrgica e vaselina, uma vaselina de boa qualidade não é vaselina comum, o próprio fabricante da tinta te oferece uma vaselina de boa qualidade.

5. Higienização, fale um pouco sobre isso;
Para a higienização eu uso álcool 70% e o Germeril. Geralmente você faz uma assepsia com álcool na pele e dependendo do local você faz uma depilação, passa o álcool e faz o decalque.

6. Quais os passos para cuidar de uma tatoo?
Cuidado é o seguinte, durante 20 dias você deve tomar uma série de procedimentos para sua tatoo continuar com a cor perfeita e não haver algum tipo de inflamação, você não pode comer carne de porco, tudo o que for derivado de porco, bacon, lingüiça essas coiseras, ovos, maionese, chocolate, frutas cítricas. Você não pode tomar banho de sol, sauna, rio e piscina. Banho quente você também não pode tomar, entendeu, durante esses 20 dias, passar no mínimo três vezes ao dia uma pomada Bepantol que é a pomada usada, sempre deixar a tatoo lubrificada.
E depois pro resto da sua vida você usar protetor solar acima de 50 pros raios do sol não danificar a tatuagem.

7. Irritações na pele...
Se a pessoa cuidar direito fica tudo normal, mas se ela não seguir os procedimentos com certeza ela terá uma inflamação.

8. Quando se tem uma pele muito sensível o cliente tem o direito de se fazer a tatoo, como você se coloca nessa situação?
Eu sou o tipo de tatuador assim, e é lógico, eu tô tatuando pela grana que eu tenho uma família pra sustentar, mas eu prefiro falar pra pessoa deixar de fazer esse trabalho, porque eu não sou dermatologista eu não tenho como atestar se a pessoa pode ou não pode tá fazendo essa tatuagem, então eu prefiro deixar de ganhar essa grana e ser sincero com a pessoa, sempre tá alertando. Eu também não coloco piercing em menor de idade, só com autorização dos pais. O menor de idade faz por modismo ele não tem um projeto de vida ele faz porque viu alguém na rua ou na TV ele vai achar que é bonito ele não tem convicção do que ele quer. Então prefiro deixar de ganhar essa grana e tá de bem comigo mesmo, esse foi os princípios que eu aprendi, eu acho que todo profissional deveria agir dessa forma aí, se entendeu. Porque a pessoa é assim o povão é o seguinte, ela não faz aqui e vai fazer no outro e mete o pau no cara que não fez o trabalha, fala que ele é metido é chato é um descoitado. Aí o outro faz e acha que tá lucrando, mas ele ta queimando ele mesmo e todos os profissionais da área.

9. Da pra tirar uma tatoo?
Remover... Tem uns sistemas de laser hoje em dia que não remove 100% e as sessões são caras pra caramba, e ficam com cicatrizes tipo queimadura, fica uma coisa feia.

10. É possível cobrir uma outra tatoo?
Pra fazer um Cover Up que é a cobertura da tatuagem, é do tipo o dobro da que está abaixo. Por isso que quando a pessoa for fazer a tatuagem ele tem que amadurecer a idéia, pra ele não se arrepender, porque no futuro se ele for cobrir já não será do gosto dele, aí o tatuador irá falar que essa tatuagem dá pra cobrir e se encaixara em você. Já não é mais da vontade da pessoa.



Cover Up

11. No seu ponto de vista há valores culturais, religiosos, ancestrais ou é tudo coisa do MUNDO POP (que não é popular e sim modismo)?
Pra ser sincero é pela cultura POP, são pouca as pessoas que se aprofundam, na arte da tatuagem, aí ela compra revista, conhece os estilos, porque no começo a maioria não sabe nem o que quer. O legal de São Paulo (no estado de São Paulo é aonde se encontra os melhores tatuadores), é você da uma passadinha na Galeria do Rock, você chega nos estúdios de tatuagem tem quatro/cinco tatuador, New School (é os grafites de hoje), Old School (tatuagens de marinheiros), Oriental (carpa, dragão), Comercial (fada, anjo) se entendeu. Cada um é especializado em cada coisa. Aqui você não tem muito o que fazer. Pra quem tá começando em Araraquara é difícil não é fácil, porque os próprios parceiros de profissão acabam denegrindo a imagem do outro, porque as pessoas não aceitam ter concorrência se entendeu. Mas tá tendo mercado pra todo mundo. Eu tatuo na periferia, se eu cobro barato as pessoas pensa que eu sou marreteiro, se cobro caro elas não tem condições de pagar. O que o pessoal lá do centro cobra é o que um cara na periferia ganha no mês. É aonde o pessoal acaba denegrindo a pele, fazendo uma tatuagem caseira. Por isso que todos tatuadores da cidade deveriam se reunir e discutir um preço legal, eu sei que o aluguel deles é caro não peço pra eles estarem abaixando os preços iguais os da gente aqui, mas que fosse mais barato pra pessoas terem acesso a arte. Muita mais gente iria fazer.


Comerciais   
                                      

New School


 Old School

                                                               


Orientais

12. Quais as suas inspirações?
São os gibis antigos. Bang Bang, Super heróis. Digo que compensou não jogar bola, mas o meu caderno é outro, hoje ele respira, soa, geme é massa pra caramba não tem coisa igual.




13. Deixe as suas considerações finais, salve, criticas e divulgação do trabalho.
Agradeço a Deus em primeiro lugar, agradeço a oportunidade de expor a minha arte. Vamos fazer uma coisa consciente, se tem bons profissionais e preço no mercado, vamos procurar fazer um trampo da hora. É melhor ter uma arte na pele do que uma cagada. Tô realizado, mas não parei no tempo vou crescer, ávida da gente é uma tremenda evolução.

INTERFERÊNCIA!

Pra quem for tatuar pela primeira vez, procurem referencias sobre o estúdio e os profissionais, procurem ver fotos. Ser tatuador é singular, amo muito que faço.
BUDA tatuador profissional há 12 anos




Buda

VARIEDADES!!!










Tatuagens caseiras


                           
 Luester Tatoo exibe suas tatuagens em seu estúdio no Jardim Iguatemi

Um comentário:

Maiara disse...

Oun muito massa essa entrevista,dá para exclarecer muitas duvidas e conhecer mais seu trabalho.Muita sorte e sucesso tudo de bom nessa carreira incrivel!ISSO AE VAI QUE VAMO!!!